Michael Jackson Forever
Olá MJFan. Seja Bem-vindo ao Fórum Forever Michael. Agradecemos a sua visita e pedimos que se registre para ter acesso a todo conteúdo do nosso Fórum.
Ao Registrar-se você também poderá participar enviando seus comentários e novos posts.
O registro é rápido e fácil.

Qualquer dúvida entre em contato.


At: Adm: Forever Michael!

O discurso de Michael no Carnegie Hall em 2001

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O discurso de Michael no Carnegie Hall em 2001

Mensagem por AndressaMJFan em Sab Mar 03, 2012 6:49 pm

Heal The Kids
Carnegie Hall - 14 de fevereiro de 2001



"É apenas com o coração que alguém pode enxergar direito; o essencial é invisível aos olhos."

(Antoine de Saint-Exupéry)



Em 2001, Michael Jackson fez um discurso em um evento de Dia de São Valentim [Dia dos Namorados] da Estravaganza, no Carnegie Hall, promovendo a Heal The Kids (uma divisão da Heal The World Foundation). Este trecho merece receber a atenção:

"Eu gostaria de dar-lhes as boas-vindas ao Carnegie Hall,... o salão de concertos mais famoso do mundo para se ouvir um tipo de música inteiramente diferente - uma melodia mais elevada [de um nível mais elevado]. É uma canção mais eterna. Existem dois tipos de música. Uma vem das cordas de uma guitarra, a outra, das cordas do coração. Um som vem da câmara de uma orquestra, o outro, da câmara das batidas do coração. Um vem de um instrumento de grafita e madeira, o outro, de um órgão de carne e sangue.

A música mais elevada de que falo esta noite é mais agradável que as notas dos mais talentosos compositores, mais comovente que uma banda em marcha, mais harmoniosa do que mil vozes unidas em um hino e mais poderosa do que todos os instrumentos de percussão do mundo juntos. Aquele... doce som do amor.

Apenas uma geração atrás, era esse som que podia ser ouvido em cada esquina, em cada cidade. Era o som do amor que ecoava na sala de estar quando um pai ria com seu filho ou uma mãe fazia cócegas em uma criancinha pequena. Era o som do amor que ecoava das aulas de literatura das crianças, enquanto os pais liam para seus filhos... contos, antes de eles irem para a cama. E era o som do amor que reverberava em suas conversas durante o jantar.
Entre pais e filhos, não apenas uma vez por ano, mas todos os dias, seriam descobertas paz e prosperidade.

Infelizmente, aquele som tornou-se uma melodia perdida, um refrão esquecido, um tom vazio e tudo o que temos em seu lugar, hoje, é um terrível e obscuro barulho. Em vez de conversas no jantar, há o barulho dos video-games. Em vez do dever de casa, há o ruído do noticiário noturno. E em vez das conversas regulares entre pais e filhos sobre as [redes de violência...?], há o... som - os ensurdecedores sons do silêncio.









Quem dentre nós teria acreditado que o som de crianças brincando no playground seria substituído pelo som de metralhadoras automáticas em nossas escolas? Que o som de garotinhas pulando corda poderia ser ofuscado pelos frenéticos gritos de crianças se esquivando de balas. Apesar disso, em vez de amar mais nossas crianças, nós instalamos detectores de metal em nossas escolas.

Estamos cegos para o fato de que nossas crianças estão furiosas contra a indiferença; chorando contra o abandono; trovejando contra a negligência.

"Heal The Kids" é para fazer alguma coisa, para fazer a diferença e para tentar ajudar pais e adultos a perceber que está em nossas mãos mudar o mundo em que nossas crianças vivem.

Como um sábio homem um dia disse, 'Se não nós, quem; se não agora, quando?'. Meus amigos, como pai de duas crianças, eu sei o que significa que que equilibrar as demandas da família e da carreira - não vamos nem falar sobre arrumar uma namorada para mim, embora... Embora Rabbi Shmuley continue a me dizer que vai encontrar uma mulher perfeita para mim, minha resposta é: 'Desde que não seja uma jornalista.'

Mas é sobre aprender a derrotar essa importante balança de que esta especial noite se trata.

Dentro de 3 semanas, na Universidade de Oxford, eu estarei fazendo um discurso com fortes implicações para lidar com a relação entre pais e filhos, e darei um discurso que certamente será uma surpresa para vocês. Até lá, eu gostaria de agradecer a todos por terem vindo... demostrando seu amor. E eu gostaria de oferecer um par de agradecimentos especiais para... nós temos 100... professores de Nova York conosco... Eu quero agradecer a Steven Shaunfeld, ele é maravilhoso, maravilhoso. Tudo o que ele faz para a Heal The Kids é simplesmente incrível.


Juntos, nós podemos fazer uma mudança para melhor; juntos, nós podemos curar o mundo e fazê-lo um lugar melhor. Deus abençoe a todos, eu amo todos vocês.
"

Fonte: It's all for L.O.V.E.

Tradução: AndressaMJFan - MJ Forum Forever
avatar
AndressaMJFan
Sub-Administrador

Era Preferida : Impossível escolher uma só
Data de inscrição : 12/08/2011
Mensagens : 1292
Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Goiás
<b>Agradecido</b> Agradecido : 29

Ver perfil do usuário http://wonderlandvirtual.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O discurso de Michael no Carnegie Hall em 2001

Mensagem por Dessinha em Dom Mar 04, 2012 11:00 pm

"Estamos cegos para o fato de que nossas crianças estão furiosas contra a indiferença; chorando contra o abandono; trovejando contra a negligência."

Muito Lindo!! Sem palavras no momento. Sad Sad
Muito Obrigada por traduzi-lo Andressa.
avatar
Dessinha
Amigos

Data de inscrição : 04/04/2011
Mensagens : 1810
Sexo : Feminino
<b>Agradecido</b> Agradecido : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum