Michael Jackson Forever
Olá MJFan. Seja Bem-vindo ao Fórum Forever Michael. Agradecemos a sua visita e pedimos que se registre para ter acesso a todo conteúdo do nosso Fórum.
Ao Registrar-se você também poderá participar enviando seus comentários e novos posts.
O registro é rápido e fácil.

Qualquer dúvida entre em contato.


At: Adm: Forever Michael!

Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por *Mari* em Seg Jul 01, 2013 3:02 am

Jackson X AEG| Prince testemunha

O primogênito de Michael Jackson declarou quarta-feira que seu pai estava animado em voltar a fazer turnê antes de sua morte, mas não estava contente com os termos dos show.

Prince Jackson disse aos jurados que seu pai queria mais tempo para ensaiar e tinha vários conversar tensas pelo telefone com os promotores de "This Is It" e que às vezes terminou com o pai em lágrimas.

Ele disse que seu pai comentou após uma das conversas: "Eles vão me matar." Ele não deu mais detalhes.

Prince testemunhou que viu Randy Phillips da AEG na mansão alugada da família em uma conversa acalorada com Murray nos dias antes de seu pai morrer. O adolescente disse que viu Phillips agarrando o cotovelo de Murray.

Phillips "parecia agressivo para mim", declarou Prince.

Michael Jackson não estava em casa no momento e estava, provavelmente, nos ensaios, Prince disse.

Pela primeira vez, o adolescente deu detalhes publicamente sobre o dia em que seu pai morreu. Prince testemunhou que viu Murray realizando CPR em seu pai que estava pendurado pela metade da cama. Parecia que olhos de seu pai estavam virados, Prince disse aos jurados.

O testemunho de Prince Jackson começou com o adolescente mostrando aos jurados cerca de 15 minutos de fotos e vídeos caseiros da família.

Ele descreveu crescer em Neverland e mostrou os vídeos do zoológico da propriedade e outras amenidades. Após a absolvição de acusações de inocente infantil do pai, Prince descreveu que morar no Oriente Médio, na Irlanda e em Las Vegas.

Ele disse ao júri que seu pai estava sempre trabalhando, mas que seus filhos não tinham ideia de que ele era um astro global.

"Nós sempre ouvimos sua música, mas nunca soubemos como ele era famoso", disse Prince.

Ele disse que ele e sua irmã Paris assistiram a um vídeo de uma das apresentações de seu pai e tiveram sensação da fama quando fãs eram carregado dos shows em macas.

No tribunal, Prince vestia um terno preto com uma gravata cinza escuro. Ele falou baixinho quando ele começou a testemunhar e a primeira exposição para os jurados foi uma foto tirada com a avó no primeiro dia de aula dele e da Paris.

Ele descreveu a sua vida escolar, inclusive fazendo um curso de verão sobre a história dos EUA, participando da equipe de robótica da escola e de trabalho voluntário.

Outra imagem mostrada para os jurados foi uma do Michael Jackson tocando piano com seu filho quando Prince ainda era pequeno.

O advogado Brian Panish perguntou ao Prince se ele estava interessado em seguir uma carreira na música.

"Eu não toco instrumento e eu definitivamente não tenho talento para cantar", disse Prince fazendo o júri rir.

Ele disse que queria estudar cinema ou negócios quando ele for para a faculdade.

Prince disse que ajudou os advogados a escolher os vídeos e as fotos apresentados no tribunal.

__________________________________________________ ____

Última conversa com o Pai

Prince testemunhou que Phillips visitou mansão alugada da família em Los Angeles e falava agressivamente com o Dr. Conrad Murray na noite antes da morte de seu pai.

"Ele estava agarrando o cotovelo", disse. "Parecia agressivo para mim. Ele estava agarrando por trás do cotovelo e eles estavam muito perto e ele estava gesticulando com as mãos."
Não dava para ouvir o que Phillips estava dizendo a Murray, disse ele.
Michael Jackson não estava lá porque ele estava em seu último ensaio, Prince disse. Ele ligou para o pai do telefone da segurança para que ele soubesse que Phillips estava lá. Seu pai pediu que ele oferecesse comida e bebida a Phillips.
Prince disse que foi sua última conversa com o pai.
Prince tinha 12 anos quando o ícone pop morreu, mas ele disse que o pai lhe confidenciou sobre em quem ele confiava e não confiava e do que ele temia quando se preparava para seu retorno.

Fonte:
CNN | Blog PPB Jackson
avatar
*Mari*
Administrador

Era Preferida : Invincible
Data de inscrição : 04/03/2011
Mensagens : 3432
Sexo : Feminino
Idade : 44
Localização : Rio Grande do Sul
<b>Agradecido</b> Agradecido : 77

Ver perfil do usuário http://www.mjforumforever.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por *Mari* em Seg Jul 01, 2013 3:06 am

Fotos exibidas  durante o testemunho de Prince:






Prince e Paris


Os três filhos de Michael


Prince e Paris


Foto exibida para ilustrar o cuidado que Michael tinha com o vestuário dos filhos




Imagem recente de Grace e Blanket











Fotos postadas no twitter de @ABC7Courts

Mais fotos:






avatar
*Mari*
Administrador

Era Preferida : Invincible
Data de inscrição : 04/03/2011
Mensagens : 3432
Sexo : Feminino
Idade : 44
Localização : Rio Grande do Sul
<b>Agradecido</b> Agradecido : 77

Ver perfil do usuário http://www.mjforumforever.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por *Mari* em Seg Jul 01, 2013 3:08 am



Foto do primeiro dia de aula em uma escola regular.
avatar
*Mari*
Administrador

Era Preferida : Invincible
Data de inscrição : 04/03/2011
Mensagens : 3432
Sexo : Feminino
Idade : 44
Localização : Rio Grande do Sul
<b>Agradecido</b> Agradecido : 77

Ver perfil do usuário http://www.mjforumforever.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por *Mari* em Seg Jul 01, 2013 3:12 am

"Eles vão me matar", Michael Jackson disse ao filho

Por Alan Duke , CNN




Los Angeles (CNN) - Michael Jackson muitas vezes chorou depois de falar com executivos da AEG Live quando se preparava para seus shows de regresso, seu filho mais velho declarou nesta quarta-feira.

"Depois que ele saía do telefone, ele chorava" Prince Jackson testemunhou. Ele dizia: "Eles vão me matar, vão me matar."

Seu pai lhe disse que ele estava falando sobre o CEO da
AEG Live Randy Phillips e seu ex-gerente, Dr. Tohme Tohme.

Prince, 16, começou seu depoimento hoje pela manhã no processo de morte por negligência de sua família contra o última promotor de shows de Michael Jackson, AEG Live.

Seus primeiros 30 minutos de testemunho foram preenchidos com vídeos e fotografias de Jackson com seus filhos, mas, em seguida, o questionamento feito pelo advogado dos Jackson, Brian Panish, focou nas últimas semanas de vida de seu pai.



Os filhos de Michael Jackson no centro das atenções


"Desculpe crianças, o pai de vocês está morto"




Prince falou sobre o dia em que seu pai morreu há quatro anos. Ele viu seu pai "com a metade do corpo para fora da cama, com os olhos voltados para cima", quando ele correu para o quarto onde o Dr. Murray estava fazendo um CPR num esforço inútil para reanimá-lo, disse ele.

Paris o seguiu até as escadas, "mas continuamos puxando-a para baixo", disse ele.

"Ela estava gritando o tempo todo dizendo que ela queria o pai dela", disse ele.

No hospital, Dr. Murray disse-lhes "Desculpe crianças, o pai de vocês está morto" Prince testemunhou.

Prince tinha 12 anos quando o ícone pop morreu, mas disse que o pai confidenciou-lhe sobre em quem ele confiava e não confiava e o que ele temia, enquanto se preparava para seus shows.

As perguntas por parte do advogado da AEG Live, Marvin Putnam, durou apenas 25 minutos. Foi centrado na tentativa de desacreditar o seu relato sobre a visita de Phillips em sua casa bem como os pagamentos em dinheiro que Prince disse que fez à Murray seguindo orientação de seu pai, por vezes.

Prince manteve sua história sobre o encontro de Phillips e Murray, embora admitisse que poderia ter sido duas noites antes da morte de seu pai e não a última noite.


O dano pela perda de seu pai


O testemunho de Prince deu aos advogados dos Jackson a oportunidade de mostrar aos jurados o impacto emocional sofrido por suas crianças.

"Eu não consigo dormir à noite", disse Prince. "Eu tenho dificuldade para dormir." A morte do meu pai me deixou "emocionalmente distante de um grande número de pessoas" por um tempo, disse ele.

Ele perdeu de compartilhar com o pai "o primeiro dia na escola, ter a primeira namorada, aprender a dirigir", declarou Prince.

A tentativa de suicídio de Paris Jackson e sua hospitalização não foram argumentadas no tribunal - e não está claro se os jurados souberam sobre isso através das notícias - Prince falou sobre sua irmã.

"Eu acho que de nós três, ela provavelmente foi a mais atingida, porque ela era a princesa do meu pai", disse ele. Disse ainda que o depoimento de Paris pelos advogados da AEG que durou dois dias, em março, foi doloroso para ela. "Ela teve alguns problemas antes, depois e, presumo, durante o ocorrido ", disse ele.

"Ela definitivamente está lidando com isso de sua própria maneira", disse seu irmão.

Paris, que tinha 11 anos quando seu pai morreu, não está disponível para testemunhar no tribunal, porque ela está internada para tratamento psiquiátrico.

Enquanto ele e sua irmã não querem comemorar aniversários, porque "não é a mesma coisa" sem seu pai, Blanket, agora com 11 anos, o faz, disse Prince.

"Agora, eu não sei se Blanket percebe o que perdeu", disse ele."Ele era tão jovem. Ele ainda está crescendo, assim como eu e ele não tem um pai para guiá-lo."

AEG Live tentou intimar Blanket, o filho mais novo, para dar testemunho, mas o juiz rejeitou o seu pedido depois de um psicólogo relatar que isso poderia prejudicar o garoto.


Mudar o mundo?


Os jurados assistiram a um vídeo caseiro de Michael Jackson questionando seus três filhos sobre como eles planejavam "mudar o mundo" quando crescessem.

Prince testemunhou que o vídeo foi feito no Natal.

"O que o Natal significa?" Jackson é ouvido perguntando a seus filhos.

"Amor", Blanket respondeu.

"O que Blanket vai fazer para mudar o mundo?" perguntou Jackson.

"Eu não sei", Blanket, que parecia ter cerca de 5 anos na época, respondeu.

"O que Paris quer fazer? Seja honesta e siga o seu coração", disse Jackson.

"Ajudar os pobres", ela respondeu. Paris também disse que gostaria de ser uma ginasta.

Prince disse a seu pai que ele aspirava ser um diretor de cinema e arquiteto, porque ele gostava de "executar coisas".


Detalhes particulares revelados


Suas atividades extracurriculares incluem artes marciais e trabalhar como mecânico no programa de robótica de sua escola, disse ele. Ele quer participar da University of Southern California para estudar cinema e negócios, disse ele.

Seu pai lhe ensinou "os grandes" feitos dos filmes, incluindo como "encontradas boas tomadas". Ele deu-lhe uma lente que pendia de um cordão que mostrava como ficaria uma tomada, disse ele.

Prince disse enquanto sua escola exige uma certa quantidade de serviços à comunidade, ele faz mais do que isso. Ele é voluntário no Hospital Infantil de Los Angeles em um programa que oferece livros para pacientes jovens "para manter suas mentes fora de seus problemas".

Seu pai sempre dizia que "sempre devia olhar ao redor da comunidade e ajudar o máximo que puder", disse Prince.

Ao júri foi exibido um vídeo de Jackson e seus filhos no rancho Neverland, onde viveram até se mudar depois que Jackson foi absolvido em um julgamento por inocente infantil.

A família se mudou depois do processo judicial "porque houve complicações", disse Prince. "Eles deixaram o lugar arruinado para meu pai."

Um vídeo mostrou uma girafa e várias alpacas no Zoológico de Neverland. "Eu realmente nunca me aproximei delas, porque elas iriam cuspir em nós", disse ele.

O vídeo também mostrou os passeios de carnaval em Neverland."Nós só íamos ao zoológico em ocasiões especiais porque meu pai queria que nos mantivéssemos humildes", disse ele.

O julgamento está em sua nona semana e está previsto para durar até agosto.



***

Mais fotos divulgadas no testemunho de Prince









Prince em sua estréia na TV como repórter


Na Alemanha




Fazendo serviço voluntário no Hospital Infantil


Prince disse que eles vão voltar a Gary, Indiana para um Memorial, na casa onde seu pai viveu quando criança


Prince explicou a localização dos quartos na mansão de Carolwood, dizendo que ele e sua irmã tinham quartos próprios e que Blanket se dividia entre eles.


Twitter de
@ABC7Courts
avatar
*Mari*
Administrador

Era Preferida : Invincible
Data de inscrição : 04/03/2011
Mensagens : 3432
Sexo : Feminino
Idade : 44
Localização : Rio Grande do Sul
<b>Agradecido</b> Agradecido : 77

Ver perfil do usuário http://www.mjforumforever.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por AndressaMJFan em Dom Jul 07, 2013 8:52 pm

É, tudo bem, agora eu estou chorando.
Tudo isso é tão injusto... É muito injusto. Por que, de todas as pessoas do mundo, o Michael? Não é justo...
Deve ter sido terrivelmente doloroso para o Prince ter que fazer isso logo no dia 26... Eu o admiro muito. Onde quer que Michael esteja, sei que está orgulhoso dele.
avatar
AndressaMJFan
Sub-Administrador

Era Preferida : Impossível escolher uma só
Data de inscrição : 12/08/2011
Mensagens : 1292
Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Goiás
<b>Agradecido</b> Agradecido : 29

Ver perfil do usuário http://wonderlandvirtual.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jackson X AEG: O testemunho de Prince Jackson

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum